Brasil é o único entre os emergentes sem universidades ‘top’

VAGUINALDO MARINHEIRO

DE LONDRES

O Brasil avança na economia, mas tem um longo caminho a percorrer na educação. O país é o único dos BRICs a não ter nenhuma instituição de ensino superior entre as cem mais bem avaliadas por acadêmicos no mundo todo.

Brasil fica no 88º lugar em ranking da Unesco

É o que mostra o novo ranking divulgado nesta quinta-feira pela THE (Times Higher Education), principal referência no campo das avaliações de universidades no mundo, que é baseada em Londres.

A Rússia aparece com a Universidade Lomonosov, de Moscou, na 33ª posição. A China tem cinco universidades no ranking (duas em Hong Kong e uma em Taiwan). A melhor é a Tsinghua, de Pequim, no 35º lugar. O Instituto Indiano de Ciência está na 91ª colocação.

Foram ouvidos 13.388 acadêmicos de 131 países para chegar à lista das universidades com melhor reputação

São estudiosos com, em média, mais de 16 anos de trabalho em instituições de ensino superior e 50 trabalhos científicos publicados.

Na liderança, mais uma vez, aparece a americana Harvard, que também lidera o ranking geral da THE divulgado em setembro de 2010 e que a Folha publicou com exclusividade no Brasil.

A diferença entre os rankings é que o geral leva em conta 13 critérios –relação estudante/professor, quantidades de alunos e professores estrangeiros, número de trabalhos científicos publicados, ênfase em pesquisa etc.

O índice de reputação, divulgado pela primeira vez pela THE, considera apenas a imagem que as instituições têm entre os acadêmicos.

Foi pedido que apontassem, entre mais de 6.000, até dez universidades como as melhores do mundo em seus campos específicos.

HARVARD

Os Estados Unidos são o grande destaque, com sete universidades entre as dez primeiras e 45 entre as cem.

Em seguida vem o Reino Unido, com duas entre as dez primeiras (Oxford e Cambridge) e 12 no total.

A surpresa é a Universidade de Tóquio, que aparece na oitava posição. No ranking geral, ela está no 26º lugar.

A Rússia também se destaca. A Lomonosov, em Moscou, é a 33ª com melhor reputação, apesar de nem constar do ranking geral da THE.

Com mais de 50 mil alunos, tem 11 ganhadores do Nobel e investe dinheiro público e privado em pesquisas.

Segundos especialistas, é justamente a falta de investimento em pesquisa que deixa as universidades brasileiras fora desses rankings.

Phil Baty, um dos responsáveis pelo estudo, diz que os rankings baseados em critérios objetivos são muito importantes, mas defende também os de reputação.

“Neste momento em que há uma grande disputa global pelo mercado de alunos e professores, uma boa reputação no meio acadêmico é crucial”, afirma Baty.

Fora o Reino Unido, a Europa não aparece bem no ranking. A universidade suíça mais bem colocada está em 24º lugar. A alemã, em 48º. Nenhuma francesa está entre as 50 primeiras.

Itália, Espanha e Portugal não figuram no ranking.

VEJA O RANKING COMPLETO

Ranking Instituição País
1 Universidade Harvard EUA
2 Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT) EUA
3 Universidade de Cambridge Reino Unido
4 Universidade da Califórnia, Berkeley EUA
5 Universidade Stanford EUA
6 Universidade de Oxford Reino Unido
7 Universidade Princeton EUA
8 Universidade de Tóquio Japão
9 Universidade Yale EUA
10 Instituto de Tecnologia da Califórnia EUA
11 Imperial College de Londres Reino Unido
12 Universidade da Califórnia, Los Angeles EUA
13 Universidade de Michigan EUA
14 Universidade Johns Hopkins EUA
15 Universidade de Chicago EUA
16 Universidade Cornell EUA
17 Universidade de Toronto Canadá
18 Universidade de Kyoto Japão
19 Universidade College London Reino Unido
19 Universidade de Massachusetts EUA
21 Universidade de Illinois em Urbana-Champaign EUA
22 Universidade da Pensilvânia EUA
23 Universidade Colúmbia EUA
24 Instituto Federal de Tecnologia da Suíça, em Zurique Suíça
25 Universidade de Wisconsin EUA
26 Universidade de Washington EUA
27 Universidade Nacional de Cingapura Cingapura
28 Universidade Carnegie Mellon EUA
29 Universidade McGill Canadá
30 Universidade da Califórnia, em San Diego EUA
31 Universidade da Colúmbia Britânica Canadá
31 Universidade do Texas, em Austin EUA
33 Universidade Lomonosov, em Moscou Rússia
34 Universidade da Califórnia, em San Francisco EUA
35 Universidade Tsinghua China
36 Universidade Duke EUA
37 London School of Economics and Political Science Reino Unido
38 Universidade da Califórnia, em Davis EUA
39 Instituto de Tecnologia da Geórgia EUA
40 Universidade Northwestern EUA
41 Universidade da Carolina do Norte, em Chapel Hill EUA
42 Universidade de Hong Kong Hong Kong**
43 Universidade de Pequim China
43 Universidade de Minnesota EUA
45 Universidade de Edinburgo Reino Unido
45 Universidade de Melbourne Austrália
47 Universidade Purdue EUA
48 Universidade de Munique Alemanha
49 Universidade de Tecnologia de Delft Holanda
50 Universidade Osaka Japão
51-60* Universidade Nacional Australiana Austrália
Instituto Karolinska Suécia
Universidade de Nova York EUA
Universidade Estadual de Ohio EUA
Universidade Nacional de Seul Coreia do Sul
Universidade Tohoku Japão
Instituto Tecnológico de Tóquio Japão
Universidade da Califórnia, Santa Bárbara EUA
Universidade de Pittsburgh EUA
Universidade de Sydney Austrália
61-70 Universidade Boston EUA
Escola Politécnica França
King’s College de Londres Reino Unido
Universidade Estadual da Pensilvânia EUA
Universidade Técnica de Munique Alemanha
Universidade da Flórida EUA
Universidade de Manchester Reino Unido
Universidade de Maryland, College Park EUA
Universidade de Zurique Suíça
Universidade Uppsala Suécia
71-80 Escola Politécnica Federal de Lausanne Suíça
Universidade Humboldt de Berlim Alemanha
Universidade Lund Suécia
Universidade Estadual de Michigan EUA
Universidade Estadual de Nova Jersey, Rutgers EUA
Universidade do Arizona EUA
Universidade do Colorado EUA
Universidade do Sul da Califórnia EUA
Universidade Utrecht Holanda
Universidade Washington, Saint Louis EUA
81-90 Universidade Católica de Leuven Bélgica
Universidade Indiana EUA
Universidade Leiden Holanda
Universidade National de Taiwan Taiwan*
Universidade Ruprecht Karl de Heidelberg Alemanha
Universidade Texas A&M EUA
Universidade de Amsterdã Holanda
Universidade de Bristol Reino Unido
Universidade de Leeds Reino Unido
Universidade de Queensland Austrália
91-100 Universidade Hong Kong de Ciência e Tecnologia Hong Kong**
Instituto Indiano de Ciência Índia
Instituto de Ciência e Tecnologia Avançada da Coreia Coreia do Sul
London School de Higiene e Medicina Tropical Reino Unido
Universidade Tecnológica de Nanyang Cingapura
Universidade de Helsinque Finlândia
Universidade de Paris, Pantheon-Sorbonne França
Universidade de Sheffield Reino Unido
Universidade de Viena Áustria
Universidade de Waterloo Canadá

Fonte: http://www1.folha.uol.com.br/saber/886508-brasil-e-o-unico-entre-os-emergentes-sem-universidades-top.shtml

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s