Mais um exemplo de amor ao próximo dado por um policial militar

Policial faz apelo pelo Facebook

 
 

O policial militar Wagner Gonçalves, por meio de um apelo feito na rede social, conseguiu ajudar o aposentado Celso Gimenes, de 74 anos, que estava passando por necessidades, inclusive, consumia água da chuva.

Segundo informações da Polícia Militar de Catanduva, Gonçalves descobriu o caso do aposentado por meio do pai Osvaldo Gonçalves, que realiza várias pescarias na região.

Durante uma dessas pescarias o aposentado foi encontrado em um sítio abandonado, no bairro Santa Rosa, na cidade de Santa Adélia.

O que mais chamou a atenção do pescador é que o aposentado utilizava a água da chuva para beber.

“Além de passar por necessidades, o aposentado estava tomando água de chuva e de curvas de níveis, que por sinal é muito barrenta. Ele pegava essa água e colocava numa vasilha e aguardava abaixar o barro para depois fazer o seu uso. Meu pai me levou até o local e fiquei chocado com tanta miséria. De ver as vasilhas de água guardadas, sua geladeira e seu armário sem nada para comer”, explicou o policial.

Mesmo com tantas dificuldades, o aposentado atendeu o policial e seu pai e contou sobre os problemas vividos.

“Durante a conversa perguntei ao bom velhinho se ele tinha algum sonho e a resposta foi mais humilde que eu pensava. Ele disse que gostaria de comer um pedaço de bolo”, falou Gonçalves.

Após a visita, o policial, comovido com a situação, postou na rede social os fatos, e para a sua surpresa a repercussão foi imediata.

“Fui procurado por muitas pessoas, até de outros países, que queriam ajudar o aposentado. Recebemos muitas colaborações. Arrecadamos cestas básicas, água mineral, roupas, roupas de banho e cama, antena de televisão, manutenção da televisão, geladeira, fogão, ração para os cachorros, remédios e variados objetos, porém o mais importante foi a atenção e visitas de muitas pessoas que não deixaram ele solitário. Além disso realizei o seu sonho, ele ganhou um enorme bolo”, afirmou.

Por incrível que pareça, segundo o policial, Celso Gimenes possui familiares na cidade de Catanduva, mas que não se interessam em ajudá-lo.

“O mais triste é que ele tem familiares na cidade de Catanduva, mas ninguém se interessa. Estou tentando arrumar, próximo à Cidade-Feitiço, um sítio para o aposentado trabalhar e cuidar”, comentou.

O policial agradeceu os companheiros de trabalho, familiares, amigos e todas as pessoas que colaboraram com as doações.

DETERMINAÇÃO

Essa não é a primeira vez que o Policial Militar Wagner Gonçalves ajudou alguém.

Além do caso do aposentado, o policial escreveu o livro “Drogas! Uma Prisão sem Grades”, e o valor total das vendas, cerca de R$ 15 mil, doou para uma criança, portadora de uma doença rara.

Há três anos, o policial, arrecada dinheiro e brinquedos para as doações na época do Natal, para as crianças carentes da região.

Anúncios

1 comentário

  1. osni cruz faustino · março 23, 2013

    tenha em mim um parceiro para tua luta em promover o bem

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s