MENSAGEM DE DESPEDIDA AOS OFICIAIS DO CPI-9

Caros(as) oficiais do CPI-9,

Está é a última vez que me dirijo a cada um de vocês na condição de Comandante do CPI-9!

Chegou o momento de partir, encarar novos desafios, voar em novos campos, desbravar em outras terras: assumo a partir da próxima segunda-feira, dia 28/03, o comando do policiamento na região de Ribeirão Preto, o CPI-3.

Não será para mim fácil afastar da memória os muitos momentos de alegrias e realizações que tive na região de Piracicaba, onde posso dizer sem chance alguma de errar, que aprendi a ser Coronel de Polícia Militar.

Sei que não fui unanimidade: jamais quis ser!

Nunca me propus a fazer as coisas para agradar “fulano”, “ciclano” ou “beltrano”: fiz sempre o que minha consciência me dizia ser certo fazer, agi sempre com foco no interesse público, na ética, no uso adequado dos recursos do erário e no respeito ao meu semelhante.

Não devo ter feito tantos amigos quanto me seria possível fazer, mas os que fiz, certamente me acompanharão para a vida a toda, esteja eu onde estiver.

Deixo o CPI-9 com a consciência de haver cumprido o meu dever, de ter contribuído, durante os quase dois anos de comando, com a transparência, com a priorização da atividade de policiamento e com a sedimentação da filosofia de polícia comunitária, os três eixos fundamentais que balizaram o meu comando.

Divido o sucesso da minha gestão com todos vocês, com as praças e funcionários civis que, direta ou indiretamente estavam vinculados a mim durante o meu comando.

Devo, também por justiça, votos eternos e sinceros de gratidão a todos os que estiveram do meu lado, acreditando em mim e lutando junto comigo na busca dos meus, mas que se tornaram nossos, sonhos.

Nenhum resultado teria sido alcançado senão fosse o apoio de todos vocês, por isso o registro de meus mais sinceros agradecimentos.

As derrotas, os fracassos, os insucessos, estes foram só meus, resultados da minha incompetência, falta de forças e conhecimento para superá-los.

No CPI-3 terei uma nova oportunidade para vencer minhas fraquezas, minhas limitações, e todo esforço farei para não repetir os erros que aqui cometi.

O comando de um CPI é uma atividade muito solitária: na solidão busquei em Deus respostas para as minhas muitas dúvidas e sempre as tive do Pai. Por isso, como conselho derradeiro, peço a cada um que, independente do credo que professa, jamais se afaste de Deus, pois esteja certo(a) que Ele jamais lhes faltará!

Finalmente conclamo a todos que tenham para com o Coronel PM Érico Hammerchimit, meu sucessor, o mesmo carinho e atenção que dispensaram a mim, durante o nosso tempo de convivência. O Coronel PM Érico foi uma indicação minha e tem o compromisso assumido comigo, de manter todos os projetos e programas bem sucedidos da área do CPI-9

Por derradeiro digo a todos que nos encontramos um dia….nem que seja apenas para um abraço, afinal o abraço é, na letra do poeta, “o melhor lugar do mundo”, e ele ainda completa:

“Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço a gente encontra

Tudo que a gente sofre
Num abraço se dissolve
Tudo que se espera ou sonha
Num abraço se encontra

Na chegada ou na partida
Manhã de sol ou noite fria
Na tristeza ou na alegria” (JOTA QUEST)

 

 

Coronel PM Figueiredo

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s